Dinâmicas...

E a cada um Deus deu dons... E Ele mesmo nos chamou e nos capicitou a servi-lo com os dons que nos deu... Ele nos aperfeiçoa, nos molda, nos ensina, nos usa da maneira que melhor lhe agradar...
É necessário apenas se deixar em suas mãos, com compromisso e confiança.
    
&&&&&&&&&&&&&


Dinâmica de socialização:

Material: Fita crepe
·       Divida o grupo em dois;
·       Demarque no chão um caminho (pode ser a largura do piso) com duas linhas paralelas de mais ou menos uns 3ms;
·       Posicione os dois grupos em fila indiana, uma de cada lado do caminho;
·       Peça ao grupo que atravessem a ponte todos ao mesmo tempo, sem sair da demarcação;
·       Observe as estratégias usadas pelos grupos para atravessar a ponte;
·       Observe: quem não se preocupa com o grupo, qual grupo é mais unido, quem contribui com a estratégia que envolve chegar com toda a equipe do outro lado.
·       Conclusão: Falar sobre união, sobre pensar primeiro nos outros antes de si mesmo, amor ao próximo, trabalho em equipe.


&&&&&&&&&&&&&

  Dinâmica de quebra gelo.
Material: Saco de bala sortidas (as balas mastigáveis geralmente são sortidas).
·       Distribua três balas para cada participante sem se preocupar com os sabores;
·       Conte uma pequena história:
Estamos em um avião (ou qualquer outro meio de transporte de sua preferência) fazendo uma longa viagem e infelizmente fomos informados que ocorreu um problema no motor da asa direita. Lamentamos informar, também,  que o motor da asa esquerda acabou de dar pane. Só poderão ser salvas as pessoas que tiverem três balas do mesmo sabor na mão;
·       Neste momento espere para ver a reação do grupo.
·       Em geral as pessoas começam a correr e trocar suas balas. Às vezes, ocorre de algumas pessoas simplesmente não trocarem e sim arrancarem das mãos dos outros as balas que necessitam sem ao menos pedir licença.
·       Observe a forma como o grupo vai se comportar e conclua a dinâmica pontuando o ocorrido.
·       A) Quem não pensou em ninguém, somente em si mesmo.
·       B) Quem demorou a tomar uma decisão. Não soube o que fazer a principio, ficou esperando a reação dos outros.
·       C) Quem procurou o que precisava, porém, também ajudou os outros.
·       Cante um hino que fale sobre união, amor algo assim. (Recebi um novo coração do Pai...)


&&&&&&&&&&&&&


No culto de ação de graças da casa nova da irmã usei a letra do hino  "Casa de benção" imprimida em folhas de sulfite que recortei em formato de casa. Coloquei fotos dos amigos e da família nas casinhas.
Também fiz um coração com telhadinho, representando uma casa, onde cada participante, após escolher um desejo previamente  imprimido, recortado em tiras e colocado numa cestinha,  colou no coração.
Em vez de presente decidimos dar R$ então, cada mulher colocou sua contribuição em uma caixinha, vidrinho ou envelope e presenteou a dona da casa.
Foi muito legal!!!

&&&&&&&&&&&&&
E lá vamos nós novamente usar a mala...

Neste final de ano é bom revermos nossa bagagem,
é!!! aquilo que não serve mais, o que é essencial mantermos e aquilo que ainda nos falta!!
***********************
Ontem no níver da Tetê comparamos as características positivas dela com animais.
No geral é muito comum as pessoas salientarem nossos defeitos e quando se trata das qualidades elas tem um pouco de dificuldades para numera-las. Neste caso, então, algumas se sentiram desconfortáveis em fazer um paralelo das qualidades da Tetê com as características de um animal.
Entre algumas das comparações tivemos:
Leão/leoa/ urso: força, instinto de proteção, caça ao predador, alimentação, sobrevivência
Formiga: determinada, esforçada, trabalhadeira, ligeira, eficaz
Borboleta: Suavidade, alegria, brilho, singeleza, leveza
Canguru: Protetora, forte, amável
Águia/ lagartixa: Poder de regeneração, força, boa visão
Galinha: Proteção, determinação
Gato: manso, delicado
Abelha: Eficaz, veloz
Cachorro: Melhor amigo do homem, persistente
Corça: Sede pelas águas
Girafa: Visão de cima, dos arredores
Foi uma dinâmica muito interessante.
********************************

Num mês como este de setembro, com tantas aniversariantes, fica até complicado ser 'dinâmica' para trazer novidades. rsrsrsrsr. Mas, de adpatação em adpatação a gente consegue fazer algo diferente em cada comemoração.

Material:
-Papéis coloridos;
-fita crepe.

Desenvolvimento:
1- Recorte um circúlo do tamanho de um prato de sobremesa (hum! já deu água na boca);
2- Recorte pétalas coloridas que condizem com o tamanho do circúlo que será o miolo da flor;
3- Cada participante deverá escolher uma pétala;
4- A organizadora deve orientar o grupo a oferecer a pétala para a aniversariante justificando porque escolheu aquela cor;
5- Depois que a  participante falar, a orientadora vai colando a pétala em volta do miolo, que já deverá estar na parede com caule e uma graminha.
Abraços.


&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
Dinâmica de integração:

Material:
Criatividade

Desenvolvimento:
1. No tempo da tecnologia vivemos rodeados por instrumentos e aparelhos que  tornam o  nosso dia a dia mais agil e prático;
2. Dentro do grupo podemos nos comparar a uns destes objetos (peça ao grupo que escolha um aparelho eletrônico ao qual eles se identifiquem. (ex: um computador);
3. Após a escolha peça que cada componente decida que parte vai ser deste aparelho;
4. A seguir o grupo deverá colocar o aparelho em funcionamento (cada componente deverá desempenhar o seu papel como parte do aparelho. ex: que for o mouse agir como tal);
5. como fechamento o orientador pede que cada participante descreva porque escolheu ser tal peça e como se sentiu no momento de colocar o aparelho em uso. Qual foi sua importância para o grupo?

Obs: Essa dinâmica é muito interessante, pois ajuda o grupo a refletir sobre a função de cada um, ninguém é mais importante que o outro, porque embora, sem o teclado não há como escrever no computador sem outras peças ele também não funcionaria.
Abraços!
**********************
Dinâmica de integração:

1. Peça antecipadamente que cada participante traga um objeto de uso pessoal que tenha um significado especial.
2. No dia da reunião tenha uma mala aberta no centro do local onde vai ser realizada a reunião e peça que cada um ao chegar deixe seu obejto dentro da mala.
3. Na  hora da dinâmica peça que cada participante vá até a mala e escolha um objeto que não seja o seu;
4. Cada participante  deverá dizer porque escolheu aquele objeto e em seguida o dono do mesmo deve dizer porque aquele objeto lhe é especial;
5. Esta dinâmica pode ser usada para falarmos sobre nossas escolhas (amizades, profissão, ministério), ou sobre nossas diferenças (gostos, preferências, jeito), ou até mesmo sobre nosso olhar (o significado do objeto para um não é necessariamente o mesmo para outro).
6. Fica a critério do animador quando usá-la ou adaptá-la com o tema.
Abraços!!!!
***************************

Dinâmica de reflexão:

Material:
papel preto, papel vermelho, canetas hidrocor e fita crepe.

Desenvolvimento:
1. De acordo com o número de participantes, prepare antecipadamente alguns quebra-cabeças de coração (é bom que o grupo seja subdividido em grupos de no máximo 5 pessoas).
2. Recorte na folha vermelha um coração (se for uma folha A4 por ex: o coração vai ocupar toda a extremidade da folha, ficando somente o contorno, que você vai colar na folha preta).
3. Depois risque  traços dentro do coração de formas váriadas para  fazer o quebra-cabeça ( dá umas dez  partes de tamanhos diferentes);
4. Monte um para você ter como modelo;
5. Ao apresentar para grupo, você de acordo com a inspiração que Deus lhe der no momento, poderá fazer uma paralelo do coração quando estava preto pelo pecado, pergunte ao grupo que pecados seriam estes que deixou o coração em pedaços;
6. Depois peça ao grupo (de 5 pessoas cada) para recosntruirem o coração, que só Jesus pode refazer nossos corações quebrados pelo pecado com perfeição, só Jesus pode nos restruturar novamente, através de seu precioso poder e Sangue;
7. Dê um tempo para o grupo tentar montar sem ver o modelo, depois exponha o modelo para facilitar;
8. Assim que o coração estiver montado, dê pedaços de fita crepe para o grupo fixar os pedaços;
9. A seguir peça que escrevam em cada pedaço o que foi restaurado naquele coração (ex: fé, paz, alegria, etc), deixe que cada grupo fale se foi fácil montar o coração e que sentimentos as envolveram;
10. Termine com um hino como "Dai-me um coração igual ao teu meu Mestre" ou "Recebi um novo coração do Pai";
Deus abençoe vocês.

Você gostou desta  página?
Se precisar de  sugestões  escreva-me: Debypoly@yahoo.com.br,

##################################


Ao realizar dinâmicas:
1. As pessoas se tornam mais afetuosas no trato umas para com as outras;
2. Alguns traumas leves, deixados por situações mal resolvidas na infância ou adolescência, podem ser sanados;
3. As pessoas passam a refletir mais suas ações e reações;
4. Pessoas tímidas começam a se libertar;
5. Melhora o raciocínio lógico, e etc.

*****************************************
Sei que se procurarmos pela internet vamos achar sites e mais sites cheios de diversas dinâmicas.
Muitas delas já conhecemos bem. Mas quero compartilhar algumas com vocês.

Dinâmica de apresentação:
Material
:
1. folhas de sulfite e canetas.
Desenvolvimento:
1. O orientador deverá dar uma folha de sulfite para cada participante;
2. A folha deverá ser dobrada em três partes de maneira que a do meio fique mais larga que as duas de fora;
3. Na primeira parte (mais estreita) os participantes deverão escrever o próprio nome de forma descontraída (ex: as letras têm forma de flores);
4. Na parte do meio (a mais larga) o participante deverá fazer um desenho que o represente (ex: eu me represento com o desenho de uma abelha);
5. Na última parte (também estreita) escrever uma palavra que represente sua força interior;
6. Seguindo o comando do orientador cada participante deverá se apresentar a partir do trabalho que fez no sulfite;
7. O orientador deve estar atento as apresentações e deve ter bem claro qual seu objetivo em realizar tal dinâmica (ex: se o grupo já se conhece, é possível explorar as diferenças de cada um como forma de algo positivo para o trabalho em equipe; se o grupo ainda não se conhece é uma forma de saber um pouco de cada integrante).
8. Toda dinâmica é um instrumento motivador, a forma como alguns se dispõe ou não a participar tem mais haver com sua própria motivação e não com o que está sendo proposto para o grupo.


##################################

"As dinâmicas tem um papel importante em nosso convívio social atualmente, afinal de contas não somos ilhas e nem vivemos como tais".
O que é dinâmica de grupo?
A expressão Dinâmica de Grupo surgiu pela primeira vez num artigo publicado por Kurt Lewin, em 1944, onde tratava da relação entre teoria e prática em Psicologia Social. Dynamis é uma palavra grega que significa força, energia, ação. Quando Kurt Lewin utilizou essa expressão e começou a pesquisar os grupos, seu objetivo era o de ensinar às pessoas comportamentos novos através de Dinâmica de Grupo, ou seja, através da discussão e de decisão em grupo, em substituição ao método tradicional de transmissão sistemática de conhecimentos.
Por que trabalhar com dinâmicas de grupo?
As dinâmicas possibilitam vivências, que ao serem refletidas e partilhadas desenvolvem um aprendizado pessoal e grupal libertador, possibilitando,dentre outras coisas:
-Exercício de escuta e acolhida do outro como ser diferente;
-Experiência de abertura ao outro e participação grupal;
 -Percepção do todo e das partes, tanto da vida como da realidade que nos cerca;
-Desenvolvimento da consciência crítica;
-Confronto e avaliação da vida e da prática;
-Tomada de decisão de modo consciente e crítico;
-Sistematização de conteúdos, sentimentos e experiências;
-Construção coletiva do saber.

Para quem vai orientar a dinâmica é fundamental:
-Conhecer todos os passos da dinâmica para aplicá-la com segurança;
- Ter clareza de aonde se quer chegar, qual o objetivo e a função da dinâmica dentro do processo a ser desenvolvido, entendendo-a como um instrumento;
- Possibilitar um clima de espontaneidade em que os participantes sintam-se livres e à vontade para participar da experiência feita;
-Perceber o nível de relações e entendimento do grupo, pois nem toda dinâmica se adapta bem a qualquer grupo. Ela pode ser um instrumento enriquecedor se for bem utilizada e se o grupo estiver em condições de vivenciá-la;
-Observar as expressões corporais, sobretudo as expressões faciais dos participantes no decorrer da dinâmica, para valorizar os sentimentos e reações de cada um;
 -Qualquer que seja o resultado alcançado com uma dinâmica, ele é o objeto da reflexão e da aprendizagem, pois dinâmica não tem resultado errado;
 -As dinâmicas podem ser adaptadas de acordo com a realidade e o tamanho do grupo. E não se esqueça de que a preparação da dinâmica já é uma dinâmica a ser refletida e avaliada

Fonte: www. fontedosaber.com

Futuramente compartilharei com vocês algumas dinâmicas que já realizei!!! Até breve.
****************************

7 comentários:

Talhia Macedo disse...

Adorei as dinâmicas.Vou fazer com um grupo de meninaas, AdoReii :D

Talhia Macedo disse...

Adorei as DinÂmicas! é muito interessante :D Deus te abençoe mais! :D

Maria Ivoniuda disse...

amei esse blog muitas dinâmicas proveitosas parabéns!

Maria Ivoniuda disse...

amei esse blog

Anônimo disse...

deus dá um dom a cada um de nós basta desenvolver nossa capacidade.

Adeny Rosa disse...

Que a Graça e Paz do Senhor esteja com vcs , eu amei as ideias de dinâmicas faço parte de uma Célula e todas as quarta - feiras temos encontro por isso vou usar todas que vcs postarem . Abraços e que Deus abençoe ricamente vcs com seus dons e talentos ...

Anônimo disse...

adorei vou fazer uma reunião que tem semana que vem aqui na minha casa é muito legal essa
dinâmica